Setor público consolidado tem déficit primário de R$155,8 bi 2016 e dívida salta

BRASÍLIA (Reuters) - O setor público consolidado brasileiro fechou 2016 com déficit primário de 155,791 bilhões de reais, pior resultado histórico, mas dentro da meta de 163,9 bilhões de reais definida para o ano.

O rombo, terceiro consecutivo, é equivalente a 2,47 por centro do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira.

A dívida bruta subiu 4 pontos percentuais para 69,5 por cento do PIB no ano, enquanto a dívida líquida saltou 10,3 pontos percentuais para 45,9 por cento do PIB.

Em dezembro, o déficit primário foi de 70,7 bilhões de reais, abaixo de um saldo negativo em 78,0 bilhões de reais estimado por analistas.

(Reportagem de Silvio Cascione)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos