Bolt lamenta perda de medalha por doping de companheiro mas diz que olha para frente

MELBOURNE (Reuters) - O velocista Usain Bolt não está se deixando abater pela decepção de perder a medalha de ouro conquistada no revezamento 4x100 metros na Olimpíada de Pequim devido ao doping de seu colega jamaicano de equipe Nesta Carter, mas reconheceu a frustração.

Bolt, que conquistou nas pistas um inédito "triplo triplo" de títulos olímpicos nos 100m, 200m e 4x100m nos Jogos Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016, foi privado de seu ouro no revezamento dos 4x100m da China no mês passado, quando um novo exame com uma amostra de Carter indicou que ele havia usado a substância proibida dimetilamilamina.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) ordenou que Carter, que já disse que irá recorrer da decisão à Corte Arbitral do Esporte (CAS), e os colegas Bolt, Asafa Powell e Michael Frater devolvam as medalhas.

"Inicialmente fiquei decepcionado, claro", disse Bolt a repórteres ao chegar ao aeroporto de Melbourne antes da competição Nitro Athletics. "Mas na vida coisas acontecem. Não estou triste... só estou esperando para ver o que vai acontecer".

"Mas entreguei minha medalha".

Powell, que já foi afastado por seis meses devido a um teste de doping positivo em 2013, repetiu a opinião de seu compatriota.

"É uma pena, e temos que olhar para o futuro", disse. "Conquistamos muita coisa e só precisamos ser positivos a respeito disso agora. Não estou em condição de dizer o que deveria e não deveria (ser proibido). É o que é. Algumas coisas não são justas".

Bolt irá liderar uma equipe internacional de astros do atletismo na Nitro Athletics em Melbourne contra times representando Inglaterra, China, Nova Zelândia e Japão.

O primeiro meeting irá acontecer em 4 de fevereiro, e os outros dois nos dias 9 e 11 do mesmo mês.

(Por Greg Stutchbury em Napier, Nova Zelândia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos