Petrobras permanece indecisa sobre venda de ativos de refino, diz fonte

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras permanece indecisa sobre a venda de algumas refinarias, um sinal de que a estatal brasileira poderia estar se inclinando a formar parcerias, oferecendo participações em algumas delas, disse uma fonte com conhecimento direto do assunto nesta quinta-feira.

A fonte disse que o Boston Consulting Group analisou cenários potenciais para as operações de refino da empresa, nos últimos dois anos, e recentemente sugeriu várias alternativas para a empresa.

Uma das opções seria dividir a rede de refino da Petrobras em regiões geográficas e, em seguida, decidir qual deve ir para venda, disse a fonte. Uma opção mais plausível, acrescentou a fonte, seria oferecer participações em refinarias específicas para pares como Exxon Mobil e Shell.

A Petrobras disse que a extensão de parcerias na exploração e produção a outros segmentos de negócios continua sendo uma estratégia chave cujos principais aspectos estão sendo considerados. Boston Consulting Group não fez comentários imediatos.

A fonte pediu anonimato porque as discussões sobre o assunto estão em curso.

Nesta semana, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse a investidores em uma conferência do Credit Suisse que a Petrobras queria continuar sendo uma companhia petrolífera integrada e descartou uma venda definitiva de todos os ativos de refino.

Parente escolheu as vendas de ativos e a busca por parcerias como forma de ajudar a reduzir a dívida de 120 bilhões de dólares da empresa e diminuir os compromissos de gastos de capital para os próximos anos. Atualmente, a Petrobras é proprietária de 14 refinarias em operação no Brasil.

A empresa tem como meta vender 21 bilhões de dólares em ativos até o final do próximo ano, como forma de concentrar investimentos em novos e gigantescos campos do pré-sal.

(Por Tatiana Bautzer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos