Movida corta preço mínimo sugerido para IPO, dizem fontes

SÃO PAULO (Reuters) - A Movida Participações concordou em reduzir o preço mínimo da faixa sugerida para sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que deve ser precificada na segunda-feira, um sinal de que a demanda pelos papéis da empresa de locação de veículos se sustenta nesse nível, afirmaram cinco fontes com conhecimento direto da decisão.

As fontes, que pediram anonimato porque a transação ainda está em andamento, disseram que a Movida e os bancos que trabalham no IPO já avisaram potenciais compradores de que o preço mínimo na faixa sugerida pela empresa passou para 7,50 reais ante 8,90 reais originalmente.

Em 16 de janeiro, a Movida disse que o teto da faixa sugerida era de 11,30 reais por ação. A operação pode movimentar até 1,184 bilhão de reais, de acordo com prospecto preliminar. [nL1N1F609V]

(Reportagem de Guillermo Parra-Bernal e Bruno Federowski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos