Euro está muito desvalorizado para a Alemanha, diz ministro de Finanças alemão

BERLIM (Reuters) - A taxa de câmbio do euro está muito desvalorizada para a Alemanha, e a política monetária expansionista do Banco Central Europeu (BCE) impulsionou o superávit obtido pela economia da Alemanha com exportações, disse o ministro de Finanças alemão Wolfgang Schaeuble em entrevista a um jornal.

Schaeuble fez os comentários após o principal assessor do presidente dos Estados Unidos Donald Trump para comércio dizer mais cedo nesta semana que a Alemanha está utilizando um euro "grosseiramente desvalorizado" para ganhar vantagem sobre os EUA e seus parceiros europeus.

"O BCE deve adotar políticas que funcionem para a Europa como um todo", disse Schaeuble na entrevista para a edição de domingo do jornal alemão Tagesspiegel, que foi divulgada já neste sábado.

"A taxa de câmbio do euro está, estritamente falando, muito baixa para a posição de competitividade da economia alemã", disse ele. "Quando o chefe do BCE Mario Draghi embarcou na política monetária expansionista, eu disse a ele que ele iria aumentar o superávit de exportações da Alemanha".

"Eu prometi então não criticar publicamente esse caminho. Mas eu não quero ser criticado pelas consequências dessa política", disse Schaeuble.

(Por Paul Carrel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos