Dólar tem leve alta, mas acumula 4 semanas de quedas consecutivas

LONDRES (Reuters) - O dólar tinha leve alta nesta segunda-feira, depois que dados ruins sobre os salários fizeram diminuir as especulações de alta dos juros no curto prazo pelo Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, e selaram a quarta queda semanal da moeda norte-americana, seu pior começo de ano em mais de três décadas.

O dólar revertia a queda no começo da sessão e avançava 0,14 por cento ante uma cesta de moedas por volta as 8:30 (horário de Brasília). Ante o euro, o dólar avançava cerca de 0,45 por cento.

Mas a falta de detalhes sobre as expectativas de impostos e as iniciativas de gastos, combinada com a preocupação com a atitude do presidente norte-americano Donald Trump sobre o comércio e segurança globais, mantinham a pressão sobre a moeda.

"Gostaria de esperar que, naturalmente, voltássemos a comprar dólar, o que parece ser o argumento lógico por baixo de tudo", disse o executivo de gestão de carteiras de fundo de moedas da Millennium Global, em Londres, Richard Benson.

"Em algum momento, as ações nos EUA devem levar a rendimentos mais altos."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos