Kremlin cobra pedido de desculpas da Fox News por comentário sobre Putin

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin disse nesta segunda-feira que espera um pedido de desculpas da Fox News pelo que disse ter sido um comentário "inaceitável" de um dos apresentadores do canal sobre o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma entrevista com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O âncora da Fox News Bill O'Reilly descreveu Putin como "um assassino" durante entrevista com Trump, à medida que tentava pressionar o líder norte-americano a explicar com mais detalhes as razões para respeitar o presidente russo. O'Reilly não disse quem pensa que Putin teria matado.

"Consideramos tais palavras da companhia de TV Fox inaceitáveis e insultantes, e falando honestamente, preferimos receber um pedido de desculpas de tal companhia de TV respeitada", disse a repórteres o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em teleconferência.

(Reportagem de Maria Tsvetkova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos