PESQUISA-Preços futuros do açúcar bruto devem se enfraquecer em 2017

NOVA YORK (Reuters) - Um rali de mercado que levou os preços do açúcar bruto à máxima de mais de quatro anos no final de 2016 deve se enfraquecer neste ano, já que o principal cinturão produtor de açúcar do Brasil parece estar pronto para uma produção recorde que reduzirá o déficit da oferta mundial.

O déficit mundial de açúcar vai desaparecer no próximo ano agrícola de 2017/18, de acordo com pesquisa com 18 operadores, analistas e especialistas da indústria entrevistados pela Reuters, uma vez que a alta dos preços no ano passado elevou as expectativas de produção.

O mercado global mudou para déficit no ano passado, depois de meia década de produção com excedente.

A produção recorde do Brasil pode limitar maiores ganhos nos preços do contrato de referência do açúcar bruto na ICE, que deverão ficar quase estáveis em 21 centavos por libra-peso no fim do primeiro trimestre, segundo a estimativa.

Os analistas ouvidos na pesquisa estimaram o preço em 21,25 centavos até o fim do ano, 1 por cento acima dos níveis atuais. Os preços tocaram uma máxima de mais de quatro anos perto de 24 centavos em outubro.

Usineiros da região centro-sul do Brasil vão direcionar mais de 47 por cento da sua safra de cana-de-açúcar para a produção de açúcar na safra 2017/18, que começa em abril, segundo a pesquisa.

Isso seria o maior volume da safra que eles dedicam ao adoçante desde a safra 2012/13, segundo dados da indústria de cana.

A estimativa média colocou a produção de açúcar do centro-sul do Brasil em mais de 35 milhões de toneladas até o fim da próxima safra, superando o recorde visto na safra que acabou de ser processada.

A estimativa média projetou uma mudança para um mercado global equilibrado em 2017/18, ante um déficit de 5 milhões de toneladas na atual safra internacional até o fim de setembro.

(Por Chris Prentice; reportagem adicional de Marcelo Teixeira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos