Soja fecha em alta em Chicago; trigo cai com pressão de exportação do Brasil

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago subiram nesta segunda-feira, sustentados por força no mercado chinês à medida que as negociações foram retomadas lá após as celebrações do Ano Novo Lunar e por sinais contínuos de boa demanda por exportação.

O contrato da soja para março encerrou em alta de 10,50 centavos, ou 1 por cento, a 10,3750 dólares por bushel.

Já os contratos futuros do trigo recuaram quase 2 por cento, com menores preocupações sobre danos a lavouras do Hemisfério Norte, incluindo da região exportadora do Mar Negro.

O aumento da concorrência no mercado de exportação também pesou sobre o trigo dos EUA.

O Brasil, tradicionalmente um dos maiores importadores mundiais de trigo, exportou recentemente várias cargas do grão após colher uma grande safra, contando com um programa de subsídio do governo, segundo informou a Reuters.

O trigo para março fechou em queda de 7,75 centavos, a 4,225 dólares por bushel, perto de sua mínima da sessão.

Os futuros do milho encerraram em queda por vendas técnicas, disseram operadores.

O milho para março encerrou em queda de 1,5 centavo, a 3,6375 dólares por bushel.

(Por Mark Weinraub)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos