Contratos futuros do café e açúcar fecham em queda na ICE

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os preços do açúcar e do café caíram na ICE nesta terça-feira, com a mudança de posições do contrato de março para maio impulsionando os volumes.

O açúcar bruto para março encerrou em queda de 0,46 centavo, ou 2,27 por cento, a 20,72 centavos por libra-peso, enquanto o açúcar branco para maio fechou em queda de 9,90 dólares, ou 1,8 por cento, a 548,30 dólares por tonelada.

Expectativas de que a baixa produção na Índia foi absorvida pelo mercado desencadeou fortes vendas, disseram operadores.

O café robusta para março fechou em queda de 11 dólares, ou 0,5 por cento, a 2.147 dólares por tonelada, após ter recuado a 2.140 dólares, o menor valor desde 3 de janeiro.

O deputado federal brasileiro Evair Vieira de Melo (PV-ES), que representou os produtores de robusta do Espírito Santo em reunião com o ministro da Agricultura, disse que o Brasil não tem necessidade de importar robusta.

O café arábica para maio fechou em queda de 1,5 centavo, ou 1 por cento, a 1,4505 dólar por libra-peso, o menor valor desde 9 de janeiro e abaixo da média móvel de 200 dias.

(Por Marcy Nicholson e Mariana Ionova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos