Grupo do Paraná lidera leilão de cafés especiais selecionados em concurso da Abic

SÃO PAULO (Reuters) - Um grupo do Paraná foi o maior comprador em um leilão de café que ofereceu grãos selecionados em um recente concurso de qualidade organizado pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), informou a entidade nesta terça-feira.

O Grupo Café do Moço, formado pela microtorrefação Café do Moço e pela cafeteria Barista Coffee Bar, ambas em Curitiba (PR), conquistou a premiação nas três categorias do leilão, devido aos investimentos que fez para adquirir os lotes.

Em uma das categorias, o grupo arrematou um lote de seis sacas por 2 mil reais a saca, totalizando 12 mil reais, de café produzido em uma fazenda de Cambira, no interior do Paraná.

O leilão vendeu 36 sacas de cafés selecionados, em um valor médio de 1.518,03 reais por saca. A título de comparação, atualmente a saca de café arábica está sendo negociada na faixa de 510 reais por saca, segundo o Indicador Cepea.

Os cafés finalistas do concurso da Abic haviam sido selecionados por um júri técnico e por um júri popular.

O objetivo da entidade é estimular cafeicultores e empresas a investirem mais na alta qualidade do café que produzem ou adquirem.

(Por Gustavo Bonato)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos