Mercados chineses recuam por preocupações com aperto da política monetária

CINGAPURA/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China recuaram nesta terça-feira diante de novos sinais de que o governo está atuando para evitar potenciais bolhas de crédito na economia, reforçando recentes medidas de aperto monetário do banco central.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,21 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,11 por cento.

Os investidores mostraram-se cautelosos depois que a mídia estatal informou nesta terça-feira que o banco central da China enviou orientações a alguns bancos pedindo que eles controlem suas cotas de crédito a partir de fevereiro.

O índice regional MSCI recuou nesta terça-feira com uma onda crescente de preocupações econômicas e políticas reduzindo o apetite por ações asiáticas.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,30 por cento às 7:46 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,35 por cento, a 18.910 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,07 por cento, a 23.331 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,11 por cento, a 3.153 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,21 por cento, a 3.366 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,12 por cento, a 2.075 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,17 por cento, a 9.554 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,48 por cento, a 3.071 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,11 por cento, a 5.621 pontos.

(Por Nichola Saminather, Luoyan Liu e John Ruwitch;)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos