Keanu Reeves fala sobre "John Wick 2" e possível sequência de "Bill & Ted"

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES (Reuters) - Keanu Reeves não precisou de muita persuasão para aceitar repetir seu papel de matador aposentado cuja busca por vingança o leva a matar mais dezenas de pessoas na sequência "John Wick – Um Novo Dia para Matar 2".

"Eu adoro John Wick", disse o ator à Reuters antes da estreia do filme, na sexta-feira. "Tivemos ótimas ideias, expandimos o mundo... fizemos um filme de ação muito bom".

Depois que a morte de seu animal de estimação e o roubo de seu carro levaram o assassino a embarcar em um verdadeira matança no suspense de ação "John Wick – Um Novo Dia para Matar", de 2014, o novo capítulo trata do passado nebuloso do personagem.

A história inclui o surgimento de um playboy italiano nefasto e matador rival que destrói a casa de Wick, único lembrete de sua felicidade passada, e coloca sua cabeça a prêmio, obrigando-o a sair de circulação novamente.

O primeiro "John Wick", que custou cerca de 20 milhões de dólares, foi bem recebido pela crítica e marcou a volta de Reeves, de 52 anos, às bilheterias depois de uma série de filmes pouco expressivos.

Sua carreira em Hollywood já dura mais de 30 anos, e inclui sucessos como a comédia "Bill & Ted - Uma Aventura Fantástica", de 1989, o suspense de ação "Velocidade Máxima", de 1994, e a inovadora trilogia de ficção científica "Matrix".

"Durante toda a minha carreira, tentei fazer gêneros diferentes e escalas de filmes diferentes", disse o ator.

Reeves ainda disse que os planos para uma sequência de "Bill & Ted", cultuado por cinéfilos, estão em andamento.

(Reportagem adicional de Simon Thompson, da Reuters TV)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos