Microsoft oferece defesa contra "troll de patentes" a clientes de serviço em nuvem

(Reuters) - A Microsoft criou uma nova maneira para atrair clientes potenciais para o seu serviço de computação em nuvem: defesa contra "trolls de patentes".

Empresas novatas na nuvem são vulneráveis ​​a entidades não-praticantes, que não fabricam nenhum produto, mas usam seu amplo arsenal de patentes de tecnologia para processar outras empresas a fim de extrair royalties ou outros pagamentos.

A nova oferta pode atrair empresas novas no sistema de nuvem que precisem de um serviço como o Azure da Microsoft para armazenar seus dados ou hospedar seus aplicativos para dispositivos móveis.

Não ficou claro se apenas isso será suficiente para afastar clientes do líder de mercado, Amazon Web Services, da Amazon.com.

De acordo com um plano divulgado na quarta-feira, a Microsoft disse que os clientes de seu serviço em nuvem podem contar com qualquer uma das 10 mil patentes da Microsoft, sem custo, para conter as ameaças legais contra eles.

A proteção é projetada para atrair uma montadora, por exemplo, que pode ter patentes relacionadas com carros, mas não tem tal cobertura para seus aplicativos móveis e outros produtos baseados na nuvem, tornando-se um alvo.

"Eles não tiveram anos para construir esse portfólio de patentes", disse Julia White, vice-presidente corporativa da Microsoft, em entrevista. "A inovação em nuvem é muito importante para ser sufocada por ações judiciais."

(Por Jeffrey Dastin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos