Nova política de remuneração a acionistas do Itaú Unibanco deve ser mantida por alguns anos, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - O Itaú Unibanco espera manter uma nova política de distribuição de 35 por cento a 45 por cento do lucro anual "por mais alguns anos", disse nesta quarta-feira o presidente da instituição, Roberto Setubal, em um sinal de que o maior banco do país em valor de mercado tem capital suficiente para seguir remunerando os acionistas.

Na terça-feira, o Itaú divulgou uma nova política, visando a devolver aos acionistas o excesso de capital. Desde 2008, o banco vinha pagando uma média de 31 por cento do lucro.

(Por Guillermo Parra-Bernal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos