Senado aprova a polêmica MP que reforma o Ensino Médio

De Brasília

O Senado aprovou nesta quarta-feira a polêmica Medida Provisória 746, proposta que reforma o Ensino Médio e provocou uma onda de protestos de estudantes no ano passado que incluíram a ocupação de diversas escolas do país.

O texto-base foi aprovado por 43 votos a favor e 13 contrários. Com a posterior rejeição dos destaques apresentados, os senadores concluíram a votação da matéria, que segue agora para sanção presidencial.

A medida faz parte de um conjunto de reformas do governo, que também enviou propostas de reforma da Previdência e da legislação trabalhista.

"Ao expressar sua gratidão pelo papel desempenhado nesse processo pelo Ministro da Educação Mendonça Filho, o presidente Michel Temer congratula-se com o Congresso Nacional pelo apoio a mais essa importante etapa vencida na agenda de reformas promovida pelo governo federal", afirmou nota do Palácio do Planalto, divulgada logo depois de encerrada a votação.

A reforma do Ensino Médio aumenta a jornada de estudo progressivamente das atuais 800 horas por ano para 1.400, segue para sanção presidencial.

O texto aprovado também reduz o rol de disciplinas obrigatórias, de forma a permitir que o aluno possa optar por uma área de aprofundamento a partir do primeiro ano do ensino médio, de forma a tornar o ensino mais atrativo para o aluno com foco no mercado de trabalho.

Pela proposta aprovada, o aluno poderá escolher uma área para se aprofundar entre linguagem, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e formação técnica e profissional.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos