Suposto atirador do Estado Islâmico mata 6 funcionários da Cruz Vermelha no Afeganistão

CABUL (Reuters) - Ao menos seis funcionários afegãos do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foram mortos nesta quarta-feira no norte do Afeganistão por um atirador suspeito de pertencer ao Estado Islâmico, disseram autoridades.

Outros dois funcionários desapareceram após o ataque na província de Jowzjan, disse o porta-voz do CICV, Thomas Glass.

(Reportagem de Josh Smith)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos