Baidu vai incorporar negócios médicos em áreas de inteligência artificial e de busca

(Reuters) - A gigante chinesa de buscas Baidu fechará alguns de seus negócios médicos e incorporar outros segmentos de saúde em suas equipes de inteligência artificial e busca, informou a empresa em comunicado enviado à Reuters na quinta-feira.

A Baidu vem reorientando sua estratégia de negócios depois que as autoridades chinesas reprimiram no ano passado a publicidade médica, que antes era uma área de negócios lucrativa para a empresa, o que levou a uma forte queda nas vendas no segundo semestre de 2016.

A empresa, a resposta chinesa ao Google, da Alphabet, esteve no centro de um clamor na mídia nacional no ano passado, quando um estudante com um câncer fatal culpou a Baidu por direcioná-lo a um tratamento suspeito e, por fim, ineficaz.

Os reguladores responderam cortando os negócios de publicidade em saúde da empresa.

A Baidu disse que partes da equipe médica serão integradas nos times de inteligência artificial e mecanismos de busca.

"Outras unidades de negócios de saúde serão fechadas e seu pessoal receberá ofertas de outras posições internamente, em linha com as demandas de desenvolvimento da empresa", informou a Baidu.

As equipes de inteligência artificial vão buscar desenvolver aplicações que possam ser usadas no campo médico. Estas poderiam incluir áreas como desenvolvimento de medicamentos e testes, sequenciamento de genes e diagnóstico do paciente.

"A força mais importante que poderia mudar o campo da medicina é a inteligência artificial", disse o CEO da Baidu, Robin Li.

Em janeiro, a Baidu nomeou o ex-executivo da Microsoft Qi Lu como diretor de operações, parte do movimento mais amplo de levar a inteligência artificial a ser um novo motor para o crescimento.

(Por Cate Cadell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos