Reforma tributária deve buscar maior taxação da renda e dos ganhos de capital, diz Padilha

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta quinta-feira que a reforma tributária que o governo encaminhará no segundo semestre ao Congresso deve buscar tributar mais a renda e os ganhos de capital e menos o consumo, em uma tentativa de reorganizar o sistema tributário brasileiro.

"A verdade é que tributamos muito o consumo e muito pouco a renda e os ganhos de capital. Temos que aprender a fazer como fazem os povos desenvolvidos, que tributam mais a renda e os ganhos de capital e menos o consumo", afirmou o ministro em um seminário para gestores da Caixa Econômica Federal. "Estamos trabalhando para ver o quanto vamos conseguir avançar na reforma tributária já nesta direção, se possível."

Padilha afirmou ainda que a tributação do consumo "impacta a base da pirâmide". "Quem paga mais impostos no nosso país são os mais pobres. É uma deformidade que temos no nosso sistema", afirmou.

Até agora o governo não deu detalhes do que pretende propor do que está chamando de "simplificação tributária". Quando assumiu o governo em maio, ainda interinamente, o presidente Michel Temer descartou mexer no sistema tributário do país. Agora, alegando já ter conseguido enviar as reformas mais urgentes - da Previdência e Trabalhista - o governo trabalha para apresentar ao Congresso as mudanças tributárias até abril.

Em seu discurso no mesmo evento, Michel Temer minimizou as mudanças, dando a ela um alcance menor do que Padilha prevê.

"Vamos tentar agora, não vou falar exatamente em uma reforma tributária, mas uma simplificação do sistema tributário, na qual o governo já está trabalhando para que possamos desburocratizar vários procedimentos que trarão agilidade para os investimentos nacionais e estrangeiros no nosso país", disse Temer em discurso no mesmo evento.

(Edição de Raquel Stenzel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos