Soja e milho fecham em queda em Chicago; trigo avança

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago caíram nesta quinta-feira, recuando de uma máxima de duas semanas após o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) projetar estoques domésticos finais acima das expectativas de mercado.

A soja para março encerrou em queda de 8,25 centavos, ou 0,8 por cento, a 10,5050 dólares por bushel.

Os futuros do milho fecharam mais baixos, pressionados por vendas técnicas e pelo alargamento do spread entre milho e trigo após a máxima de sete meses do milho mais cedo, disseram operadores.

O contrato do milho para março fechou em queda de 2 centavos, ou 0,5 por cento, a 3,6875 dólares por bushel.

Os contratos futuros do trigo subiram, tocando uma máxima de quatro meses após a projeção mensal do USDA para os estoques domésticos finais ficar abaixo das expectativas, segundo operadores.

O trigo para março fechou em alta de 11 centavos a 4,4350 dólares por bushel.

(Por Julie Ingwersen e Michael Hirtzer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos