Açúcar fecha em queda na ICE; café fica quase estável

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do açúcar na ICE caíram nesta sexta-feira, com o açúcar branco pressionado por trocas de contrato antes do vencimento do primeiro contrato na segunda-feira, enquanto o café se firmou.

O açúcar branco para maio fechou em queda de 7 dólares, ou 1,3 por cento, a 541,10 dólares por tonelada, e registrou sua maior queda semanal desde meados de dezembro.

Operadores disseram que compradores estavam rolando suas posições para adiante, com pouco apetite para entregas, uma vez que o açúcar provavelmente viria de origens "indesejadas" como América Central e México.

O desconto do contrato março em relação ao maio se ampliou, para 13,40 dólares, um recorde para o contrato.

O açúcar bruto para março fechou em queda de 0,23 centavo, ou 1,1 por cento, a 20,42 centavos por libra-peso.

O café robusta se consolidou, com o contrato para março encerrando em alta de 2 dólares, ou 0,1 por cento, a 2.128 dólares por tonelada.

O café arábica para maio fechou em alta de 0,55 centavo, ou 0,4 por cento, a 1,4815 dólar por libra-peso.

(Por Mariana Ionova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos