REEDIÇÃO- Conselho da JBS aprova plano de recompra de quase R$2 bi em ações

(Reenvia texto para esclarecer no último parágrafo que divulgação de resultados de 4o tri será 13 de março, e não 23 como informado anteriormente)

SÃO PAULO (Reuters) - A JBS , maior empresa de carnes do mundo, informou nesta sexta-feira que seu conselho de administração aprovou um programa de recompra de até 10 por cento das ações da companhia em circulação no mercado, o que em valores atuais movimentaria quase dois bilhões de reais.

O programa, que tem duração de até 18 meses, envolve a compra de até 151.844.207 ações. Esse montante, multiplicado pelo valor de fechamento unitário do papel na Bovespa nesta sexta-feira, de 12,06 reais, levaria a operação a um total de 1,83 bilhão de reais.

O anúncio acontece na esteira de novas ofensivas de promotores públicos contra executivos da J&F, holding controladora da JBS, o que voltou a pressionar as ações.

Na segunda-feira, o Ministério Público pediu bloqueio de até 3,8 bilhões de reais de Joesley Batista, presidente da holding, e do presidente de outra empresa da J&F, a Eldorado Celulose, Carlos Grubisich, por entender que eles descumpriram compromisso de setembro passado, dentro da operação Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão de estatais. [nL1N1FR1OW]

A JBS planeja divulgar seus resultados do quarto trimestre de 2016 em 13 de março.

(Por Aluisio Alves; Edição de Roberto Samora e Raquel Stenzel; MPP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos