Grammy promete ser duelo entre gigantes do pop Beyoncé e Adele

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES (Reuters) - A entrega dos prêmios Grammy está se moldando para ser o duelo final entre as duas maiores estrelas femininas da música pop, uma vez que Beyoncé e Adele vão competir por música, gravação e disco do ano no domingo.

Apesar das 62 indicações ao Grammy e 20 prêmios, Beyoncé, 35 anos, nunca ganhou o cobiçado disco do ano, embora tenha liderado as paradas com todos os seus seis álbuns de estúdio.

Com nove indicações, muitos fãs estão na expectativa que Beyoncé quebre a sua maldição no Grammy com “Lemonade”, o disco de carga pessoal e política que muitos acreditam ser sobre o casamento conturbado da artista com o rapper Jay Z.

No caminho dela, contudo, está a cantora Adele, de 28 anos, que em 2012 ganhou seis prêmios Grammy com “21”. Ela volta com cinco indicações neste ano por conta de “25”, que inclui a balada “Hello”.

Os públicos de Beyoncé e Adele se sobrepõem, diz Jem Aswad, da revista Billboard, acrescentando que os fãs de Adele tendem a ser mais velhos do que os de Beyoncé.

"Adele tem mais fãs que são consumidores casuais de música. Se eles vão comprar um disco por ano, vai ser o dela”, afirmou. “O público de Beyonce é mais envolvido, mais ativo e mais interessado no que ela está fazendo.”

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos