Produtores de fora da Opep entregam 40% dos cortes prometidos, dizem fontes

DUBAI/LONDRES (Reuters) - Onze produtores de fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que aderiram ao acordo global de corte de produção para impulsionar os preços entregaram 40 por cento dos cortes prometidos em janeiro, disseram duas fontes da Opep.

As fontes citaram cálculos da Opep baseados em dados da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês).

Os números da Opep, reportados mais cedo nesta sexta-feira, mostraram sua própria adesão em 92 por cento dos cortes prometidos.

O número mais baixo da adesão para produtores de fora da Opep até o momento se deve parcialmente à implementação faseada do acordo pela Rússia, a maior produtora de fora do cartel a cooperar com o acordo.

A Rússia disse que iria cumprir sua parte dos cortes gradualmente, ao invés de cortar tudo no primeiro mês, e reduziu em janeiro sua oferta em 100 mil barris por dia. Moscou se comprometeu a reduzir a produção em 300 mil barris por dia, segundo o acordo.

Um comitê técnico de membros da Opep e de fora do grupo que deverá se encontrar em Viena em 22 de fevereiro irá analisar mais a fundo sobre como lidar com a adesão ao acordo.

(Por Rania El Gamal e Alex Lawler)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos