Açúcar bruto cai para mínima de 6 semanas na ICE; café recua

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do açúcar bruto na ICE caíram para uma mínima de seis semanas nesta segunda-feira, enquanto o desconto entre os contratos do açúcar branco para março e para maio diminuiu acentuadamente com o vencimento do contrato de março.

O açúcar bruto para maio fechou em queda de 0,44 centavo, ou 2,2 por cento, a 19,99 centavos por libra-peso, após cair a 19,89 centavos, mínima desde 3 de janeiro.

Os operadores disseram que o mercado sentiu o peso da liquidação técnica de posições compradas de fundos após fraco fechamento de sexta-feira, bem como uma previsão de que a Índia deve importar cerca de 1,5 milhão de toneladas de açúcar em 2016/17.

"O mercado queria ouvir que a Índia teria que importar mais de 1,5 milhão de toneladas", disse um operador dos Estados Unidos.

O açúcar branco para maio encerrou em queda de 3,80 dólares, ou 0,7 por cento, a 537,30 dólares por tonelada.

O contrato para março, que expirou, fechou em queda de 0,7 por cento a 532,40 dólares por tonelada. Uma pequena entrega de cerca de 100 mil toneladas foi antecipada.

O café robusta para março encerrou em queda de 21 dólares, ou 1 por cento, a 2.107 dólares por tonelada, enquanto o café arábica para março caiu 1,6 centavo, ou 1,1 por cento, a 1,4655 dólar por libra-peso.

(Por Marcy Nicholson e Nigel Hunt)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM RBS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos