Soja recua em Chicago por melhores perspectivas para América do Sul; milho e trigo sobem

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago encerraram em queda nesta segunda-feira, na medida em que cresceram as expectativas para uma safra recorde na América do Sul em meio a condições climáticas favoráveis em importantes exportadores, como Brasil e Argentina.

A soja para março fechou em queda de 3,50 centavos, ou 0,3 por cento, a 10,5550 dólares por bushel.

Os futuros do milho subiram para sua máxima em quase oito meses, com compradores técnicos ajudando a puxar os preços após o mercado recuar mais cedo na sessão.

O contrato do milho para março encerrou em alta de 0,75 centavo, ou 0,2 por cento, a 3,7525 dólares por bushel.

Os contratos futuros do trigo subiram para uma máxima de 7 meses e meio, o quinto dia consecutivo de ganhos, por compras de fundos de investimento.

O trigo para março subiu 3,25 centavos, ou 0,5 por cento, e encerrou a 4,5225 dólares por bushel.

(Por Mark Weinraub)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos