Açúcar sobe na ICE; café robusta recua enquanto mercado aguarda decisão sobre importação brasileira

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os preços do açúcar na ICE subiram nesta terça-feira, após a queda acentuada para uma mínima de seis semanas na segunda-feira, enquanto os preços do café caíram.

O açúcar bruto para maio fechou em alta de 0,4 centavo, ou 1,9 por cento, a 20,37 centavos por libra-peso, enquanto o açúcar branco para maio fechou em alta de 11,50 dólares, ou 2,1 por cento, a 548,80 dólares por tonelada.

Operadores disseram que o mercado de açúcar foi sustentado após testar níveis de suporte na segunda-feira.

O café robusta ampliou perdas depois de atingir a máxima de cinco anos e meio alcançada em 1º de fevereiro, com o contrato para maio fechando em queda de 11 dólares, ou 0,5 por cento, a 2.128 dólares por tonelada, após cair para 2.120 dólares, a mínima para o segundo contrato desde 3 de janeiro.

O mercado aguardava uma decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Brasil, que recebeu pedido para autorizar as importações de café robusta após a safra do país ter sido afetada pela seca.

O café arábica para maio encerrou em queda de 0,6 centavo, ou 0,4 por cento, a 1,4594 dólar por libra-peso.

(Por Marcy Nicholson e Mariana Ionova)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM RBS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos