Fundador da Amil, Edson de Godoy Bueno morre

SÃO PAULO (Reuters) - O empresário Edson de Godoy Bueno, que construiu um império na área da saúde no país que se tornou a plataforma do UnitedHealth para se expandir na América Latina, morreu nesta terça-feira.

Em comunicado, a UnitedHealth disse que Bueno, de 73 anos, teve um ataque cardíaco no início do dia em Búzios (RJ). Médico, Bueno havia vendido a Amil, que fundou há quase quatro décadas, para a UnitedHealth por 4,9 bilhões de dólares em 2010.

Bueno acumulou durante anos a presidência-executiva da Amil e uma série de papéis de liderança na área médica. Ele era atualmente o presidente do conselho de administração da UnitedHealth para a América Latina e o maior acionista individual da empresa sediada em Hopkins, Minnesota.

De acordo com a Revista Forbes, Bueno tinha uma fortuna avaliada em 3,1 bilhões de dólares em fevereiro, sendo o mais rico da indústria de saúde do Brasil.

Bueno foi apontado como um dos mais proeminentes empresários do país, com interesse particular por aquisições em serviços médicos, hospitais e laboratórios de diagnóstico. Ele começou a trabalhar como engraxate aos 10 anos, e estudou e trabalhou simultaneamente até se tornar cirurgião.

Fundou a Amil nos anos 70 com sua esposa Dulce Pugliese, com quem também investiu na Diagnósticos da América.

(Por Tatiana Bautzer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos