Norte e Nordeste podem seguir com seca até junho, diz meteorologista

(Reuters) - O clima em fevereiro no Brasil deverá continuar bastante seco principalmente em uma região que abrange parte do Nordeste e o Norte, enquanto outras áreas deverão ter chuvas parcialmente acima da média, projetou nesta terça-feira o meteorologista do serviço Point Carbon da Thomson Reuters, Georg Mueller.

A seca no Nordeste, que já dura anos, tem impedido o enchimento dos reservatórios das hidrelétricas da região, que desde janeiro estão praticamente estacionados na casa dos 20 por cento da capacidade de armazenamento, mesmo em meio ao período de chuvas do Brasil.

As usinas com maiores reservatórios, no entanto, encontram-se no Sudeste e no Centro-Oeste, onde o armazenamento atualmente é de 40 por cento.

Segundo o meteorologista, março deverá ficar mais seco, em geral, também mais ao Norte, enquanto abril deverá manter esse padrão, em cenário dominado por alta pressão e chuvas principalmente abaixo do normal.

De maio em diante, o clima deverá ter um padrão mais próximo do normal nas regiões mais ao leste do país, mas condições com chuvas significativamente acima do normal não são prováveis antes de junho, disse Mueller.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos