Sabatina de Alexandre de Moraes na CCJ do Senado será na próxima terça-feira

(Reuters) - A sabatina de Alexandre de Moraes pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado para avaliar sua indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF) irá ocorrer na próxima terça-feira, segundo decisão do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), vice-presidente da CCJ.

Em reunião da comissão nesta manhã, o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) leu seu relatório, que já tinha sido disponibilizado na última sexta-feira. Após a leitura, Anastasia concedeu vistas coletivas e marcou a data da sabatina.

Licenciado do Ministério da Justiça, Moraes foi indicado na semana passada pelo presidente Michel Temer para ser o novo ministro do STF, no lugar de Teori Zavascki, morto em acidente aéreo em janeiro.

O relatório de Braga descreve o currículo de Moraes e cita manifestações de apoio à indicação ao Supremo. Como é de praxe em casos de indicações de autoridades, o relatório não recomenda o voto favorável ou contrário.

"Diante do exposto, considerando tratar-se de deliberação por voto secreto, limitamo-nos a proferir este relatório, acreditando termos fornecido às senhoras senadoras e aos senhores senadores integrantes desta comissão os elementos suficientes para decidir sobre a indicação do senhor Alexandre de Moraes para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal", afirma Braga no final de seu relatório.

Encerrada a sabatina, os membros da comissão votarão a favor ou contra a indicação e a matéria seguirá ao plenário. Com ampla maioria, a base governista deve garantir a aprovação do nome de Moraes com facilidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos