Wall St sobe a patamar recorde impulsionado pela Apple e por bancos

(Reuters) - Os principais índices de ações norte-americanas subiram a novos patamares recordes nesta terça-feira, liderados por ações do setor bancário depois que a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, disse que seria imprudente esperar muito tempo para aumentar as taxas de juros.

A ação da Apple alcançou um recorde de fechamento pela segunda sessão consecutiva, contribuindo para os ganhos dos índices S&P 500, Dow Jones e Nasdaq.

O índice Dow Jones subiu 0,45 por cento, a 20.504 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,40 por cento, a 2.337 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,32 por cento, a 5.782 pontos.

Yellen disse que um atraso no aumento da taxa de juros poderia forçar o banco central norte-americano a apertar a política monetária mais rapidamente, o que poderia causar uma recessão. Ela também expressou incerteza com a política econômica no governo do presidente Donald Trump.

Os bancos, que esperam ganhar com taxas de juros mais elevadas, ajudaram na alta do mercado. A ação do Goldman Sachs subiu 1,29 por cento e a do Bank of America avançou 2,82 por cento. O índice financeiro S&P 500 subiu 1,24 por cento.

A postura de Trump pró-negócios desencadeou uma recuperação recorde nas ações depois da eleição de novembro. No entanto, ele deu poucos detalhes sobre suas políticas, deixando o Fed com visibilidade limitada sobre a direção futura da economia.

Em declarações para o Comitê Bancário do Senado dos Estados Unidos, Yellen não indicou se o Fed ainda planeja elevar as taxas três vezes este ano, nem indicou se a alta pode ocorrer em março ou em junho, como a maioria dos analistas espera.

"Com o novo presidente, ainda há a incerteza na política econômica", disse o cofundador da Cornerstone Financial Partners em Charlotte, Carolina do Norte, Jeff Carbone.

(Por Noel Randewich)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos