Yellen fala no Congresso em momento que Fed tem visão limitada sobre políticas econômicas de Trump

Por Jason Lange

WASHINGTON (Reuters) - A chair do Federal Reserve, Janet Yellen, irá ao Congresso nesta terça-feira pela primeira vez desde que os republicanos assumiram o controle da Casa Branca com menos clareza sobre a direção da política econômica dos Estados Unidos do que em qualquer momento de seus três anos no cargo.

Os detalhes das políticas econômicas do presidente Donald Trump continuam amplamente desconhecidos. Ele anunciou uma redução das regulações financeiras com poucos detalhes e não há clareza sobre o tamanho, escopo e momento dos cortes de impostos que prometeu.

Possíveis novos impostos sobre importações e o aumento dos gastos em infraestrutura podem impulsionar a inflação e o dólar, incertezas que dificultam que o banco central do país adote um curso para a taxa de juros.

"Existe uma incerteza bastante significativa sobre o que vai realmente acontecer, acho que ninguém sabe", disse o vice-chair do Fed, Stanley Fischer, no sábado.

Yellen falará ao Comitê Bancário do Senado nesta terça-feira às 13h (horário de Brasília) e ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara na quarta-feira, no mesmo horário.

A economia norte-americana encontra-se agora, segundo muitas estimativas, em torno do que o Fed considera "pleno emprego", a inflação acelerou para 1,6 por cento e a economia cresceu 1,6 por cento no ano passado.

Com base nas projeções econômicas do Fed para este ano, o banco central pode elevar os juros três vezes, com alta de 0,25 ponto percentual em cada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos