Preços do petróleo caem ligeiramente após dados sobre estoques recordes nos EUA

(Reuters) - Os contratos futuros do petróleo fecharam em leve queda nesta quarta-feira após sessão volátil, uma vez que estoques recordes de petróleo e gasolina nos Estados Unidos alimentaram preocupações sobre um excedente global.

Os dados baixistas de estoques nos EUA foram amplamente compensados por evidências mais cedo nesta semana de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros produtores estavam aderindo aos cortes de produção prometidos. Um dólar mais fraco também ajudou a sustentar a commodity negociada na moeda dos EUA.

"Há uma certa resiliência nos preços --expectativas futuras de que vamos reduzir a oferta globalmente estão segurando o mercado", disse Gene McGillian, diretor de pesquisa de mercado na Tradition Energy, em Stamford, no Connecticut.

Os estoques de petróleo dos EUA cresceram em 9,5 milhões de barris na semana passada, quase três vezes acima das previsões, para um recorde de 518,12 milhões de barris, mostraram dados da Administração de Informação de Energia dos EUA (AIE).

Os preços haviam mudado brevemente de sinal após os dados do AIE, mas o petróleo Brent encerrou em queda de 0,22 dólar, ou 0,4 por cento, a 55,75 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA fechou em queda de 0,09 centavo, ou 0,2 por cento, a 53,11 dólares por barril.

(Por Jessica Resnick-Ault; reportagem adicional de Devika Krishna Kumar, Henning Gloystein e Alex Lawler)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos