Se campanha de Trump teve contatos impróprios com Rússia, Senado deve investigar, diz senador republicano

WASHINGTON (Reuters) - O Congresso dos EUA deve iniciar uma investigação bipartidária no caso de ter havido quaisquer contatos impróprios entre a campanha do presidente Donald Trump e autoridades russas, disse nesta quarta-feira o senador republicano Lindsey Graham à Fox News.

"Se ocorreram contatos entre autoridades russas e membros da campanha de Trump que foram inapropriados, então seria o momento de o Congresso formar uma comissão conjunta para se chegar ao fundo de todas as coisas da Rússia e Trump", disse Graham.

O The New York Times noticiou que membros da campanha presidencial de Trump tiveram contatos repetidos com importantes autoridades de inteligência russas antes da eleição.

(Reportagem de Susan Heavey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos