Mercados chineses avançam com alta do setor de matérias-primas

HONG KONG/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários chineses registraram ganhos modestos nesta quinta-feira, uma vez que os preços mais altos das commodities e os gastos com infraestrutura continuaram a impulsionar as ações das empresas do setor de matérias-primas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,56 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,51 por cento.

A maioria dos setores avançou, liderados pela alta de 1,6 por cento nas ações do setor de matérias-primas, levando seus ganhos a 10 por cento até agora neste ano.

O índice MSCI avançou para novas máximas de 19 meses diante da alta contínua em Wall Street e impulsionado pelos ganhos nos mercados chinesas.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,40 por cento às 7:39 (horário de Brasília), atingindo o maior nível desde julho de 2015.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,47 por cento, a 19.347 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,47 por cento, a 24.107 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,51 por cento, a 3.229 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,56 por cento, a 3.440 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,10 por cento, a 2.081 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,29 por cento, a 9.771 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,27 por cento, a 3.096 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,12 por cento, a 5.816 pontos.

(Por Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos