Receita da Bombardier fica abaixo do esperado com demanda fraca por trens e jatos executivos

(Reuters) - A fabricante canadense de aviões e trens Bombardier informou uma receita menor do que a esperada, prejudicada pela fraca demanda em suas unidades ferroviária e de aviões executivos.

A companhia disse que a receita na divisão de aeronaves executivas, que faz os jatos Learjet, Global e Challenger, caíram 20,9 por cento, para 1,65 bilhão de dólares no quarto trimestre.

A Bombardier entregou 163 jatos executivos em 2016, 36 por cento a menos do que no ano anterior.

A receita no negócio de transporte - a divisão fabricante de trens - caiu 10 por cento, para 1,95 bilhão de dólares no trimestre. A entrada de pedidos da empresa na divisão caiu 3,4 por cento, para 8,5 bilhões de dólares em 2016.

A Bombardier, que tem sofrido nos últimos anos com excessos de custos em seu programa de jatos comerciais CSeries, disse que entregou 86 aviões comerciais em 2016, em comparação com 76 em 2015.

O governo canadense concordou na semana passada em ajudar os programas da companhia para os jatos CSeries e Global 7000.

O prejuízo líquido atribuído aos acionistas da Bombardier encolheu para 251 milhões de dólares, ou 0,12 dólar por ação, no quarto trimestre, encerrado em 31 de dezembro, ante 679 milhões de dólares, ou 0,31 dólar por ação, um ano antes. Excluindo itens, a companhia teve prejuízo de 0,07 dólar por ação.

A empresa com sede em Montreal, que está no meio de um plano de 5 ano de retomada para melhorar os resultados, divulgou uma queda de 12,7 por cento na receita, para 4,38 bilhões de dólares.

Analistas, em média, estimavam um prejuízo de 0,03 dólar por ação sobre receitas de 4,64 bilhões de dólares, de acordo com levantamento Thomson Reuters I/B/E/S.

(Reportagem de Allison Lampert e Arathy S Nair em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos