Café arábica avança e toca máxima de 2 semanas na ICE; açúcar recua

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do café arábica na ICE contrariaram uma onda de vendas em outras commodities para tocar uma máxima de duas semanas, enquanto os futuros do açúcar bruto fecharam quase estáveis.

O café arábica para maio fechou em alta de 1,15 centavo, ou 0,77 por cento, a 1,4955 dólar por libra-peso, após tocar uma máxima de duas semanas a 1,5035 dólar por libra-peso.

O café robusta para maio encerrou em queda de 5 dólares, ou 0,23 por cento, a 2.174 dólares por tonelada, com avaliações de operadores de que os planos de importação pelo Brasil são modestos.

Uma autoridade do Brasil disse na quinta-feira que o país aprovou as importações do Vietnã, com planos de permitir a importação de 1 milhão de sacas de 60 kg sob uma cota que irá vigorar até o fim de maio. Mas afirmou também que a aprovação ainda precisa ser publicada no Diário Oficial da União.

O açúcar bruto fechou quase estável, com o contrato para março encerrando em queda de 0,06 centavo, ou 0,3 por cento, a 20,30 centavos por libra-peso.

O açúcar branco para maio fechou em queda de 1,60 dólar, ou 0,29 por cento, a 550,10 dólares por tonelada.

(Por Chris Prentice e Mariana Ionova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos