Deere supera estimativas de lucro e aumenta projeção para vendas

(Reuters) - A fabricante norte-americana de equipamentos agrícolas Deere & Co divulgou lucro trimestral acima do esperado e projetou que as vendas de equipamentos deverão subir pela primeira vez em três anos, impulsionadas em parte por melhoras nas condições econômicas no Brasil e na Argentina.

A companhia enfrentou recuo nas vendas ao longo dos três últimos anos, uma vez que safras recordes de milho e soja nos Estados Unidos derrubaram os preços, deixando os produtores com menos dinheiro para gastar com equipamentos.

Para lidar com o declínio, a Deere postos de trabalho e reduziu a produção de tratores verdes, sua marca registrada, e de colheitadeiras.

As medidas de corte de gastos e melhoras nos preços ajudaram a companhia a superar as estimativas de lucro para o primeiro trimestre encerrado em 29 de janeiro.

"Enquanto a Deere está gerenciando seus negócios de modo muito mais lucrativo do que em ciclos passados, sua projeção para 2017 agora exige que as vendas de equipamentos cresçam apesar de que ainda precisam melhorar importantes fundamentos de produtores", disse o analista da Jefferies, Stephen Volkmann em nota.

Deere disse que espera que as vendas de tratores e colheitadeiras do setor na América do Sul aumentem entre 15 e 20 por cento no ano fiscal 2017, acima de sua previsão anterior de um aumento de cerca de 15 por cento.

A América Latina é o terceiro maior mercado de Deere, representando cerca de 9 por cento de suas vendas totais de equipamentos.

O lucro líquido atribuível à Deere caiu para 193,8 milhões de dólares, ou 61 centavos por ação, no primeiro trimestre do ano fiscal encerrado em 29 de janeiro, ante 254,4 milhões de dólares, ou 80 centavos por ação, no mesmo período do ano anterior.

A renda líquida total caiu aproximadamente 1,5 por cento para 4,70 bilhões de dólares.

Analistas, em média, esperavam lucro de 55 centavos por ação e receita líquida de 4,69 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters.

(Por Ankit Ajmera)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos