Ex-estrategista do Uber é multado em US$90 mil por violar lei de lobby em Chicago

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho ético de Chicago votou por unanimidade para multar o ex-estrategista da Uber Technologies, David Plouffe, em 90 mil dólares por lobby ilegal na cidade.

O órgão afirma que Plouffe, que ajudou o Uber a combater regulações onerosas e a oposição da indústria de táxi, violou a Portaria de Ética Governamental ao tentar influenciar autoridades da cidade e não se registrar como lobista.

Plouffe, que serviu como gerente de campanha e assessor na Casa Branca do então presidente Barack Obama, se juntou ao Uber em agosto de 2014 e serviu como vice-presidente sênior de políticas e estratégia.

Com sede em San Francisco, o Uber enviou carta ao conselho de ética de Chicago contestando o valor da multa, informaram autoridades da cidade em comunicado na quinta-feira, depois que a decisão do conselho foi publicada no dia 15.

A empresa argumentou que Plouffe deveria arcar com uma multa de, no máximo, 1 mil dólares pela violação, de acordo com o comunicado.

No entanto, o conselho de ética afirma que Plouffe fez lobby com autoridades de Chicago em 20 de novembro de 2015 em nome da empresa, sem registrar-se como tal até 13 de abril do ano seguinte, o que culminou na multa de 90 mil dólares.

O conselho ainda multou o Uber em mais 2 mil dólares pela violação. Plouffe e autoridades do Uber não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

Plouffe agora trabalha para a organização filantrópica de Mark Zuckerberg, a Chan Zuckerberg Initiative.

(Por Subrat Patnaik)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos