Filho de Edison Lobão pede licença da presidência da BrasilCap após investigação

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da BrasilCap, Márcio Lobão, pediu licença da presidência da empresa, que é braço de produtos de capitalização do Banco do Brasil, informou o banco nesta sexta-feira.

Filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), Márcio foi alvo na quinta-feira de nova fase da operação Lava Jato batizada de Leviatã, que investiga desvios e pagamento de propina em contratos da Hidrelétrica de Belo Monte.

A Polícia Federal fez buscas na sede da própria BrasilCap e cumpriu outros mandados de busca e apreensão, incluindo em Belém (PA), na casa do executivo.

O BB tem 49,99 por cento das ações votantes da BrasilCap por meio de sua subsidiária BB Seguridade. O restante pertence à Icatu Seguros (25 por cento), à Companhia de Seguros Aliança da Bahia (23,75 por cento) e outros minoritários.

Perguntando na véspera sobre o que o BB faria em relação a operação, o presidente do banco, Paulo Rogério Caffarelli, disse que a instituição iria colaborar com as autoridades.

(Por Aluisio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos