Merkel diz que Alemanha continua comprometida com meta da Otan de gastos em defesa

BERLIM (Reuters) - A chanceler Angela Merkel disse nesta sexta-feira que a Alemanha ainda tem intenção de aumentar seus gastos com defesa para 2 por cento do PIB, de acordo com meta da Otan.

"No País de Gales em 2014, a Alemanha apoiou a decisão de que desejamos alcançar a meta concordada de 2 por cento dentro da próxima década e este compromisso não mudou --o que significa que ainda temos intenção de seguir este caminho", disse Merkel durante entrevista coletiva ao lado do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, que visita a Alemanha.

Durante a campanha eleitoral norte-americana, o presidente Donald Trump acusou aliados da Otan de não fazerem sua parte. Pouco antes de assumir, descreveu a aliança como "obsoleta".

(Reportagem de Michelle Martin e Paul Carrel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos