Embaixador russo na ONU morre em Nova York

MOSCOU (Reuters) - O embaixador da Rússia na Organização das Nações Unidas, Vitaly Churkin, morreu em Nova York, informou o Ministério das Relações Exteriores russo em comunicado nesta segunda-feira.

O ministério não deu detalhes sobre as circunstâncias da morte, mas ofereceu condolências aos parentes e disse que o diplomata morreu um dia antes de completar 65 anos.

A ONU se disse "chocada" com a morte repentina do enviado russo e enviou condolências a Moscou, informou a agência de notícias Tass, que citou um representante do secretário-geral da ONU, Antonio Gutérres.

(Reportagem de Jack Stubbs)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos