Presidente egípcio e rei da Jordânia dizem que solução de dois Estados não é negiociável

CAIRO (Reuters) - O presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, e o rei Abdullah, da Jordânia, disseram em reunião no Cairo nesta terça-feira que estão comprometidos com uma solução de dois Estados para o conflito entre israelenses e palestinos, informou o gabinete de Sisi em comunicado.

"Os dois lados discutiram movimentos futuros para romper o impasse dentro do processo de paz do Oriente Médio, especialmente com o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumindo o poder", disse o comunicado.

"Eles também discutiram a coordenação mútua para chegar à uma solução de dois Estados e estabelecer um Estado palestino baseado nas fronteiras de 4 de junho de 1967 com Jerusalém Oriental como capital, que é uma constante nacional que não pode ser abandonada"

(Reportagem de Ahmed Aboulenein)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos