Toshiba busca levantar pelo menos US$8,8 bi com venda de fatia em unidade de chips

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Toshiba quer levantar pelo menos 1 trilhão de ienes (8,8 bilhões de dólares) com a venda da maior parte dos negócios de chips de memória flash, buscando criar um colchão de liquidez para eventuais problemas financeiros, disse uma fonte com conhecimento direto do assunto.

A decisão do conglomerado de abandonar o plano inicial de vender pouco menos de 20 por cento das operações surge em meio às preocupações de seus principais credores em relação a potenciais baixas contábeis que podem chegar a 6,3 bilhões de dólares na unidade nuclear nos Estados Unidos, afirmaram fontes do setor financeiro separadamente.

Na semana passada, a Toshiba anunciou que agora estava preparada para vender participação majoritária, ou até mesmo 100 por cento, dos negócios de chips, priorizando a necessidade de levantar capital. A empresa é a maior do mundo em chips NAND depois da Samsung Electronics.

A Toshiba ainda não se decidiu sobre o tamanho da fatia a ser vendida, preferindo focar na quantidade de capital a ser levantado, embora gostaria de reter pelo menos um terço para manter algum grau de controle sobre o negócio, afirmou a fonte.

A venda é "o melhor e único jeito para a Toshiba poder levantar grande quantidade de recursos e dissipar preocupações sobre risco de crédito", disse a fonte, acrescentando que a operação deve ser concluída até o fim de março do ano que vem.

A porta-voz da Toshiba informou que a companhia não poderia comentar sobre as especificidades do processo de venda.

(Por Makiko Yamazaki e Taro Fuse)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos