Philips se diz otimista com nova plataforma de terapia guiada por imagem

AMSTERDÃ (Reuters) - A Philips anunciou nesta quarta-feira a introdução de uma nova plataforma de terapia guiada por imagens, que permite aos médicos combinar o uso de vários scanners médicos, dados de imagem e monitores de tela grande enquanto executam cirurgias minimamente invasivas.

O presidente-executivo Frans van Houten disse a jornalistas esperar que a plataforma substitua o portfólio de sistemas existentes da empresa e forme a espinha dorsal do negócio de terapia de imagem guiada da Philips no futuro.

A Philips vendeu o seu braço de iluminação em maio e agora se descreve como uma empresa pura de tecnologia de saúde.

A plataforma "Azurion" levou cinco anos e "dezenas de milhões" de euros para ser desenvolvida, disse a Philips.

As vendas da Image Guided Therapy da empresa somaram 1,9 bilhão de euros em 2016. A Philips anunciou nesta quarta-feira que o negócio deve crescer a uma taxa "alta de um dígito", ante previsão média de crescimento de um dígito para a empresa toda.

A plataforma Azurion será fabricada na Holanda e já foi aprovada para uso na Europa e nos Estados Unidos.

A Philips disse que a força do sistema reside na sua flexibilidade e facilidade de uso em uma série de cirurgias, incluindo o tratamento com cateterismo de tumores, aneurismas, obstrução dos vasos sanguíneos, distúrbios do ritmo cardíaco e válvulas cardíacas com defeito.

(Reportagem de Toby Sterling)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos