Ator Arsenio Hall suspende processo de difamação contra cantora Sinead O'Connor

(Reuters) - O ator e comediante Arsenio Hall suspendeu um processo contra Sinead O'Connor depois de a cantora irlandesa ter pedido desculpas por dizer que ele forneceu por muito tempo narcóticos ao astro pop Prince, disse nesta quinta-feira seu agente.

Hall, conhecido por liderar o programa "The Arsenio Hall Show", entrou com processo pedindo indenização de 5 milhões de dólares contra a cantora na Justiça de Los Angeles, em maio. A ação foi apresentada dias depois de a cantora ter escrito no Facebook que ele forneceu drogas pesadas durante décadas a Prince.

"Sinead se retratou e se desculpou por declarações que fez sobre Arsenio no ano passado, que o levaram a processá-la por difamação, e a ação foi resolvida", disse o agente de Hall em um comunicado.

Sinead O'Connor, cujo maior sucesso foi a versão da música de Prince "Nothing Compares 2 U" em 1990, publicou uma nota no

Facebook dela na quarta-feira dizendo que suas alegações iniciais eram falsas.

"Eu errei ao alegar que Arsenio deu drogas a Prince", escreveu a cantora.

Prince, cujo nome completo era Prince Rogers Nelson, morreu inesperadamente em abril do ano passado, aos 57 anos, vítima de overdose de medicamento vendido sob prescrição em sua casa e estúdio em Paisley Park, Minnesota.

Sinead O'Connor, por sua vez, tornou pública sua luta contra abuso de substâncias e, em 2015, a cantora afirmou no Facebook que deliberadamente teve uma overdose.

(Reportagem de Laila Kearney)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos