Justiça francesa abre investigação contra duas pessoas acusadas de planejar ataques no país

PARIS (Reuters) - A Justiça francesa pôs duas pessoas sob investigação formal e prisão por suspeita de intencionar viajar para Síria ou planejar ataques na França, uma fonte judiciária informou à Reuters neste sábado.

Os dois foram presos na última terça-feira junto com uma terceira pessoa por agentes de inteligência nas cidades de Clermont-Ferrand e Marselha, e na região de Paris.

Os presos enfrentam acusações de conspiração para cometer ato terrorista e posse de armas, disse a fonte. A terceira pessoa foi solta.

De acordo com a fonte, há uma possível ligação entre essas duas pessoas e outros presos em uma outra ação da polícia na cidade de Montepellier por suspeita de um ataque iminente na França.

O país está sob alerta desde janeiro de 2015, depois de uma série de ataques de radicais islâmicos que mataram cerca de 230 pessoas.

(Por Chine Labbé)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos