México diz que não vai aceitar tarifas ou cotas em negociações comerciais com os EUA

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México não vai aceitar tarifas ou cotas quando renegociar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte, o Nafta, com os Estados Unidos, disse o ministro do Exterior nesta terça-feira, no mais recente desafio às propostas do presidente norte-americano, Donald Trump, de erguer barreiras comerciais.

Trump diz que o Nafta é um acordo ruim para os EUA e quer renegociá-lo ou desfazê-lo. Negociações podem começar ainda neste ano.

"O acordo de livre comércio deve ser um acordo de livre comércio”, afirmou o ministro Luis Videgaray no Senado mexicano.

“O México não vai aceitar tarifas, cotas ou restrições em livre comércio.”

(Reportagem da redação na Cidade do México)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos