BC do México reduz previsão de crescimento para 2017 por risco com políticas de Trump

(Reuters) - O banco central do México revisou para baixo nesta quarta-feira a previsão de crescimento econômico de 2017 para entre 1,3 e 2,3 por cento, citando vários riscos para a segunda maior economia da América Latina por causa das esperadas políticas protecionistas do presidente de Estados Unidos, Donald Trump.

O BC mexicano também reduziu a previsão de crescimento de 2018 para uma faixa entre 1,7 e 2,7 por cento, afirmando que espera algum impacto de potenciais políticas norte-americanas sobre a corrente de comércio EUA e no investimento no México.

O BC mexicano previu que a inflação continuará acima do limite da meta de 4 por cento na maior parte de 2017, antes de cair no final do ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos