Fifa e Conmebol ameaçam suspender Associação Argentina por novo estatuto

ASSUNÇÃO (Reuters) - A Fifa e a Conmebol advertiram nesta quarta-feira a Associação de Futebol Argentino (AFA) de que pode ser suspensa se não concordar que a entidade sul-americana avalie os candidatos a presidente para as eleições deste mês, a poucos dias de jogos pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

A AFA votou um novo estatuto, que foi questionado por ambas as organizações após a alteração de um artigo vinculado aos órgãos autorizados a realizar testes de idoneidade dos candidatos.

A mudança do artigo 87 determinou que o Colégio de Advogados de Buenos Aires e não o comitê de ética da Conmebol seja responsável pela definição de habilitação dos candidatos.

A Conmebol e a Fifa disseram em um comunicado conjunto que todas as federações da América do Sul, incluindo a AFA, reconhecem o direito da Conmebol de realizar os testes. E acrescentou que os candidatos a presidente da AFA que não estejam aptos não podem se apresentar para as eleições previstas para o final de março.

"Em caso de não cumprimento do mencionado...a questão será avaliada pelos órgãos competentes da Conmebol e da Fifa para que, se necessário, tomem as medidas que considerem oportunas, que poderiam resultar em uma possível sanção, cujas opções podem estar a suspensão da AFA", acrescentou o comunicado.

(Reportagem de Daniela Desantis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos